1. Previne câncer e doenças cardíacas
O mel contém flavonóides e antioxidantes que ajudam a reduzir o risco de alguns tipos de câncer e doenças cardíacas.

2. Reduz úlceras e outras doenças gastrointestinais
Uma pesquisa recente mostra que o mel pode ajudar no tratamento de doenças como úlceras e gastroenterite bacteriana. Isto pode estar relacionado com o terceiro benefício.

3. Anti-bacteriano e anti-fúngico
“Todo mel é antibacteriano, porque as abelhas adicionam uma enzima que faz o peróxido de hidrogênio”, disse Peter Molan, diretor da Unidade de Pesquisa de mel na Universidade de Waikato, na Nova Zelândia.

4. Aumenta o desempenho atlético
Atletas Olímpicos da Antiguidade consumiam mel e figos secos para melhorar seu desempenho. Isto já foi verificado em  estudos modernos, mostrando que é o mel é superior em relação a outros adoçantes em manter os níveis de glicogênio, melhorando assim o tempo de recuperação das atividades físicas.

5. Reduz a tosse e irritação da garganta
O mel ajuda a reduzir a tosse. Num estudo com 110 crianças, uma dose única de mel era tão eficaz como uma dose única de dextrometorfano no alívio da tosse noturna e permitindo assim um sono melhor.

6. Equilibra os 5 elementos
Mel tem sido usado na medicina ayurvédica na Índia há pelo menos 4000 anos e eles consideram que afeta de forma positiva todos os três desequilíbrios materiais primitivos do corpo. Diz-se também ser útil útil na melhoria da acuidade visual, perda de peso, cura da impotência e ejaculação precoce, distúrbios do trato urinário, asma brônquica, diarreia e náuseas.

O mel é referido como “Yogavahi” uma vez que tem a qualidade de penetrar nos tecidos mais profundos do corpo. Quando usado com outras preparações à base de plantas, aumenta as qualidades medicinais dessas preparações ajudando a atingir os tecidos mais profundos.

7. Regula o açúcar no sangue
Mesmo que o mel contenha açúcares simples, que não é o mesmo que o açúcar branco ou adoçantes artificiais. Sua combinação exata de frutose e glicose, na verdade, ajuda o corpo a regular os níveis de açúcar no sangue. Alguns méis tem um índice de hipoglicemia baixa, para que eles não alteram o açúcar no sangue.

8. Cura de feridas e queimaduras
A aplicação externa de mel é tão eficaz quanto o tratamento convencional com sulfadiazina de prata. Especula-se que o efeito de secagem dos açúcares simples e a natureza antibacteriana do mel combinam-se para criar este efeito.

9. Probióticos
Algumas variedades de mel possuem grandes quantidades de bactérias amigáveis. Isto inclui até 6 espécies de lactobacilos e 4 espécies de bifidobactérias. Isto pode explicar muitas das “propriedades terapêuticas misteriosas de mel.”

10. Fortalece o sistema imunológico
Estudos mostram que é um bom coadjuvante para estimular a produção de células do sistema imunológico.

Extra!
Para a pele bonita
As suas qualidades anti-bacterianas são particularmente úteis para a pele, e quando utilizada com os outros ingredientes, também pode ser hidratante e nutritivo!