fbpx

Curiosidades sobre a produção e o consumo de mel

Respondemos algumas das curiosidades que as pessoas tem em relação à produção e o consumo do mel de abelhas. Confira!

Como é feita a produção de mel?

A produção do mel está a cargo das abelhas, que trabalham recolhendo o néctar das flores e depois processando esse néctar em suas enzimas digestivas, a reação do néctar com essas enzimas resultam no mel, um alimento saboroso, nutritivo e recheado de benefícios para a saúde dos seres humanos.

Graças ao desenvolvimento e a evolução da apicultura foi possível aumentar a produção de mel, sem causar prejuízos para as colmeias e as abelhas. Porém, é necessário que seja desempenhado um trabalho sustentável e com responsabilidade, para que o mel extraído seja de qualidade e para que as abelhas e a natureza possam continuar saudáveis e desempenhando os seus papéis no ecossistema.

O papel do apicultor, além de cuidar e proteger as abelhas, consiste em realizar a extração do mel, com o máximo de cuidado possível, para que os favos não sejam destruídos e após a colheita, levar o mel ao entreposto, local onde a extração é realizada.

Durante o processo de extração o mel ainda passará pelos processos de: centrifugação, filtragem e decantação, etapas fundamentais para que o mel seja da melhor qualidade.

Em quanto tempo se produz o mel?

A produção de mel de uma colmeia saudável dura mais ou menos 60 dias (para a colmeia ser considerada saudável ela deve conter uma população de abelhas que variam de 40 a 60 mil). Após o processo de produção das abelhas, ainda existe a colheita e todo o processo que explicamos na primeira pergunta que leva em média uma semana para ser realizada.

Quantos hectares são necessários para produzir o mel?

Para cada hectare são necessárias em média duas caixas de abelhas para que a polinização seja produtiva.

Então, quanto mais hectares, durante as floradas, maior e mais produtiva será a produção do mel. 

Quantos quilos de mel produz uma colmeia?

Também considerando a média de produção de colmeias consideradas saudáveis, as abelhas conseguem produzir por florada (em períodos de 60 dias) uma média de 20kg por colmeia.

É bom tomar mel todos os dias?

Em pequenas porções ou como substituto do açúcar, sim. Sempre lembrando que o equilíbrio em tudo na vida é essencial e é muito importante consultar seu médico e conversar sobre a sua alimentação.

O mel, ao ser inserido em sua rotina diária vai gerar inúmeros benefícios, já que ele vai atuar como ajudante na cicatrização de feridas, combatente a insônia, na proteção ao coração, como ajudante para evitar alergias e resfriados, como auxiliador na melhora da imunidade e além do mais o mel contém grande quantidade de antioxidantes que atuam para a melhora da memória, ajudam na absorção do cálcio e na eliminação dos radicais livres.

Faz mal comer muito mel?

Tudo o que é demais faz mal, isto é fato, então equilibre o consumo de mel em sua dieta e substitua o açúcar por ele, não tenha dúvidas que você terá resultados incríveis, porém, lembre-se que ele contém glicose e o excesso pode gerar problemas com o peso e níveis altos de açúcar no sangue.

Como saber se o mel é de qualidade:

Uma dica incrível é quando o mel cristaliza, se isso acontecer, pode ter certeza que o mel é de qualidade. Quando isso acontece, o fato atesta que ele é puro, já que contendo 30% de glicose, ou seja, um açúcar que forma cristais sólidos.

Você já conhece a Mel Botas? A apicultora está localizada na cidade de Brotas, interior do estado se São Paulo e produz produtos com origem 100% natural, desde o início da produção até chegar a sua mesa.

Blog do Mel

Dicas e Receitas do Mel

Mel engorda?

Mel engorda?

Mel engorda? Ou mel não engorda? Esclareça suas dúvidas fazendo um comparativo de consumo de mel x açúcar e viva melhor consumindo mel diariamente.

0
    0
    Carrinho
    Seu carrinho está vazioRetornar a Loja